29 junho 2012

Divina...













Me olha de canto


Faz de afeto e vem rolando



Com senso prático seu semblante parece santo


Vem com ardor nem sempre brincando


Moça festeira, virgem declarada


Toda pureza sai de um melódico canto

Melodia que se espalma aperolada

Uma magia que assemelha-se encanto

Lua branca sol brilhante

Muito existe na alma pura

No alcance da púrpura excitante

Nada nela existe sem formosura.






















28 comentários:

Tatuagem disse...

Lindo e suave poema..

Beijos

Tunin disse...

Eta, poema gostoso de ler e sentir!
Abração.

stefanny disse...

Que lindo pema é tão leve não sei explica, mais posso dizer que é linda... boa noite e beijos em seu coração

Simone MartinS2 disse...

E a moça festeira,
singela, pura e meiga
se fez de estrelas
e saiu pela vida,
cantando e dançando
tuas proprias melodias,
e seus lindos cantos!

Abraços querida!

MA FERREIRA disse...

Oi Catinha..tudo bem?
estou em falta com voce..mas não esqueci..
Bom te visitar..saudades do seu sorriso...

Te ler é sempre um presente..vc escreve lindamente...amei..

Um bj e bom fds!!
Bjinho na filhotinha!!!

Álvaro Lins disse...

Belo poema. Sensibilidade e doçura:)!
Bjo

Ives disse...

E que formosura sua poesia, abraços

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
A formosura é o encanto do amor...
Seja feliz e abençoada!!!
Bjs de paz

Paulo Francisco disse...

Catita, um poema apaixonado. tem brandura na escrita. Lindo!
Um beijo grande

Catia Bosso disse...

Olá Catia!!

Delicia de texto muito bom!

Você sempre deixando seu carinho no Alma e eu grato por isso!

Que você tenha um ótimo domingo beijo enorme e nos encontramos no Alma!
Vinicius C.
http://viniciuseduardocarvalho.blogspot.com.br/

Catia Bosso disse...

Vinicius, acima, publiquei seu comentário, pelo meu login, porque sem querer, apaguei na hora de postar pelo Hotmail.... grata.

Valéria disse...

Oi Catia!
Doce inspiração em suaves versos.
Beijinhos e uma linda semana!

Só pra você disse...

Lindona,

Lindo!!!

Beijocas de saudades.


Auxiliadora

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema cheio de suavidade e doçura.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

D. Garcia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lindalva disse...

Divina... divina Poesia... Ilá minha amiga Cátia... Amanhã reabro o Ostra da Poesia e te espero lá com teu sorriso ok? Beijos no coração e aproveita bem o restinho de final de semana.

Graça Pereira disse...

Alguém que aguarda a chegada do amor... lindo, pueril, cheio de romantismo... Adorei.
Beijo
Graça

Tétis disse...

Olá Cátia

Um poema lindíssimo, terno e doce,

Ficarei seguidora e passarei aqui mais vezes.

Parabéns pelo blog e pela poesia.

Beijinhos

Tétis

Lourdinha Vilela disse...

Lindo poema. "Uma magia que assemelha-se encanto".Todo encanto deste espaço.Gostei muito, estou te seguindo. www.expressodointerior.blogspot.com.
Lourdinha Vilela. Um abraço.

Lamarque Bezerra disse...

divina lua... belo texto. parabens pelo seu espaço muito joia. ja estou seguindo aqui - abraços lamarque

Reinaldo Fonseca - Pascom Paroquial disse...

Bom dia e ótimo domingo à vc!
Só com a graça e a força do Senhor se pode proclamar e semear a semente do Reino.
Parabéns pelo trabalho no Blog!

Janaína Pupo disse...

Que delicadeza, muito lindo.
Beijos querida.

Afrodite Deusa do Amor. disse...

Oi Catia lindo poema,parabéns beijos.

Claudio Schmitt disse...

Bom dia passei para ler um abraço de sol Claudio Schmitt

Simone MartinS2 disse...

Bom dia!
Hoje deixo um Ctrl-C,
mas rico em sinceridade.
Pois, são muitos os amigos
que irei visitar nesse dia
da Amizade!
"Um abraço de Amigo, dado com
sinceridade, dura por uma Eternidade!"
Feliz dia da Amizade!"
Bjinhos meus...com carinho!

Amizade disse...

Olá Amiga Catia,

Hoje é dia 20 de Junho, Dia do Amigo.

Feliz Dia do Amigo para ti.

Convidamos-te a ires ao Farol e trazeres para o teu blog o selinho que dedicamos aos amigos neste seu dia.

Beijinhos dos amigos de sempre

Argos, Tétis e Poseidón

Um Farol chamado Amizade

Marco Rocca disse...

Simples e incrivelmente poético. Parabéns!

Mateus Medina disse...

Belo toque de sensualidade à pureza...

Nada mais justo, já que por si só, a pureza tanto atiça, mesmo sem se dar conta (ou não...)

bjos