08 novembro 2012

Entardecer de novembro









A lua, nua
O céu, amante
O eu, na sua
O léu, maçante

A doce manhã se fez quando contigo me enlacei...
A triste despedida se deu quando de ti me desliguei...
A boa e alva lua deu as deixas quando por ti me apaixonei...

Na presença da lua tudo é mais austero
Danço o alvorecer e me revelo
Suave entardecer de novembro
Sigo o fluxo e relembro

Sensação de prazer
Sensação de tecer
Sensação de não sofrer!





Catita
(Sempre me dou, em letras, com a lua presente!)












24 comentários:

Poetisa da Paz disse...

Que perfeito poema! A lua sempre a inspirar a criação de belas composições. Ao ler seus versos, meu dia se fez luz. Bjs!

✿ chica disse...

A Lua torna tudo mais inspirado e romântico.Lindo,catita! beijos,chica

Mateus Medina disse...

Muito bonito!

Bjos

Cecilia sfalsin disse...

Um belo entardecer com raios avermelhados de amor avisando que o sol se vai e a noite se aproxima contagiando as emoções da paixão....

Prazer...sentir..sofrer...esperar....

Beijos ..e lino dia pra ti..:)

Dilmar Gomes disse...

Amiga Catia, que bom que a lua continua inspirando os coração enamorados! Maravilha!
Um abraço. Tenhas um lindo dia.

Marco Rocca disse...

Um belo poema, ao falar do luar...

ღα૨gѳђ ખ૯૨ท૯૮ઝܟ disse...

ahhhhh se a lua falasse!

rs.


(que tudo siga assim, doce)


beijao

D. Garcia disse...

Nos entardeceres de novembro
reconheço, recupero e me lembro
que nas manhãs me supero
e no teu coração reverbero.

Lindos versos, Catita, minha Linda!
Que as sensações tragam prazer e nunca o sofrer.

Que você tenha um excelente dia!
Um abraço apertado e um beijo carinhoso.
Teu
Dan.

Majoli disse...

Catita, bendita essa lua que te faz se dar em letras, pois assim nos presenteia com linda poesia.
Adoro!!

Beijos mil minha linda.

Anne Lieri disse...

Catita,e ficou uma poesia lindíssima,apaixonada,como a lua tão inspiradora!Bonito esse amor!bjs e meu carinho,

R. R. Barcellos disse...

Minha tristeza é minguante
Na lua nova da gente
Na rima cheia, vibrante
Desta poesia crescente!


Lindos versos enluarados, Cátia. Beijos.

☆Lu Cavichioli disse...

Bendita lua né Catita? rs

Aliás menina eu não sabia que tu era poeta... Sabia naum!

O poema tá um mimo, principalmente a primeira estrofe. Eu gamei nela rs!

Bacios lindeza!
:)

Valéria disse...

Oi Catia!
A lua é mesmo uma bela inspiração, uma ótima confidente e amiga dos amantes. Lindos versos!
Beijinhos!

Guaraciaba Perides disse...

Catita, catita mia,
Qual poeta não ama a lua,eterna namorada dos amantes ? O sol também é forte e radioso mas a lua é magica.Poema lindo o seu e leve como a própria homenageada.
Um abraço

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Catita, a sua poesia é bastante "inteligente".
Bjos
Manoel

Marcos Mariano disse...

É a Lua tem mesmo essa magia, é amiga dos amantes, companheira dos solitarios e inspiração para os poetas. Bela poesia

Abraços

Mariani Lima disse...

Catia, andei uns dias enfeitiçada com a lua. Que coisa que além de bela ela tem uma rima sensual com sua, nua rsrs... muito bom!!!
Beijos...

EDER RIBEIRO disse...

Catita, sempre olho para o céu procurando a lua. Seu poema é inspirador. Bjos.

Assis Freitas disse...

balada embalada em luar,



beijo

Toninhobira disse...

Tem que olha para o céu e conta estrelas, outros ficam a procurar São Jorge e tem aqueles que se enamoram da lua,estes são os amantes das palavras encantadas, que viram poema.Eu vi Catia namorando a Lua, logo em poetisa se faz e nos oferta estas belezas.
Aplausos amiga.
Meu terno abraço de paz e luz.
Bjo.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Catita, corrigindo as aspas:
a sua poesia é testemunha de uma escrita de pensamentos muito inteligentes.
Bjos
Manoel

Ranzinza disse...

Olá Catita, passei aqui para agradecer a sua visita ao meu blog.
Passe lá mais vezes.

Élys disse...

A magia da lua num belo entardecer de novembro.
Beijos. Tenha um belo fim de semana.

R. Vieira disse...

Que lindo este entardecer Catita!!!
Estou aqui a contemplá-lo sem palavras! rrs

Lindo demais!!!
Ah, obrigada pelo carinho lá no blog!
Beijos!!