28 novembro 2012

Cores e sombras










 Na bruma dos amores
 Falhei em gêneros e sabores
 Louco diáfano condiz em alhures dissecados
Na poesia faço rimas e bendigo teus odores


 Algo falho, algo pródigo
 Muito ensaio, muito ensejo
 Tudo convém, tudo apraz
 Doce encanto do teu desejo...

  Minha alma te aprova
  Minha aura em ti se espelha
  Minha auto-estima te procura
  Meu êxtase te sufoca...

São sentimentos contraditórios
Vidas entrelaçam-se em verso e prosa
No auge de um encanto em desvario
Me ressurjo e me refaço em cores e sombras.








(Catita)









41 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Catita, achei muito bonito porque me sensibilizou, mas não tenho gabarito para comentar essas contraditórias cores e sombras.
Beijos
Manoel

Sandra Puff disse...

Olá, Catita
Lindo!, Lindo!

Que sensação boa ler palavras desse jeito.
Amei!
Puf, Puf

Geraldo de Lima disse...

Cátia, acredito que essa seja meu primeiro comentário em seu blog. Gostaria de dizer que encantam-me os versos, a poesia, a leveza das palavras... Tudo isso encontrei aqui na mais alta qualidade. Parabéns pelo talento e pelo dom de emocionar. Fique com Deus, cuide-se bem, cuide-se sempre...

Vivian disse...

...você é o amor
em prosa e verso!

smacksssssssss, linda!

Barbie Californiana disse...

Lindo poema... da fato, quando algo não está bem, a vida fica sem cor... fica em preto-e-branco, mas quando conseguimos nos refazer, as cores mais bonitas surgem para devolver o encanto que nos alegra. beijos e obrigada pela visita em meu cantinho.

Paulo Francisco de Araujo disse...

Um dos poemas mais lindo que já li por aqui.
Um beijo grande.

Van disse...

Oi Catita

São lindas todas cores que encontramos por aqui sempre.

A sombra existe para desejarmos e valorizarmos a luminosidade da cor.

A imagem das laranjas é incrível!

Beijos

✿ chica disse...

A vida sempre nos leva e oferece cores e sombras...Saber conviver com ambas é crescer...beijos,chica

Por Amor disse...

Catita lindo mesmo " doce encanto do teu desejo " Amei amiga Pedro Pugliese

Rô... disse...

oi Catita,

sempre fui curiosa com as sombras,
e o tempo foi me mostrando que ela só aparece onde existe muita luz...
e viva as cores iluminadas...

beijinhos

D. Garcia disse...

A vida se faz e se refaz; ora recebe a luz e se multiplicam cores, noutras há sombras para que o momento da reflexão nos recoloque em contato com o equilíbrio.
Se por vezes há falhas é porque se tentou mudar as coisas de lugar. Somente quem não move um dedo é que não colhe algum dissabor, todavia também não é presenteado com o sucesso.
Linda poesia, Catita, meu amor!
Excelente a tua construção e reflexões provocadas!
Beijos carinhosos.
Teu
Dan.

Everson Russo disse...

Gostoso esse solto versejar de amor,,,essa leveza de alma...beijos e um belo dia pra ti amiga.

Guaraciaba Perides disse...

Momentos de novos rumos e novas descobertas,novos ritmos e novos sabores...a vida sempre nos surpreende.
Um abraço Catita, e muita felicidade.

Mateus Medina disse...

Cores sensuais, sombras misteriosas... muito bom!

Beijos

meri viero disse...

Linda poesia, Catia, inspiração digna de uma grande poetisa, parabéns, bjos.

Lourdinha Vilela disse...

Em um amor forte e transparente assim, as cores se sobressaem entre as sombras.
"Minha alma te aprova
Minha aura em ti se espelha
Minha auto-estima te procura
Meu êxtase te sufoca"

Lindo!! Muito lindo Cátia.bjs.

Cecilia sfalsin disse...

Ei linda amiga,

As cores quando se misturam são intensas, embaralham sentimentos, transformam e fazem fluir encantos. Principalmente quando são envolvidas pelo amot....

Beijos

Élys disse...

Uma bela poesia que mostra a dualidade da vida. Algumas vezes cores, outras vezes sombras. Que as cores prevaleçam.
Beijos.

Lola disse...

Mmmmmm. Gosto do teu mistério.
Meus devaneios aqui de poetisa vão
pros ares...
Valeu!

R. Vieira disse...

Linda como sempre..
E agora a tocar-me fundo o peito!


São sentimentos contraditórios
Vidas entrelaçam-se em verso e prosa

Arrasou Catita!!

Marco Rocca disse...

Catia, este poema está simplesmente EXCELENTE. Verifico uma profunda reflexão descritiva com nuance existencialista. Além do uso apropriado de recursos polissêmicos... Parabéns!!!

Marisa Giglio disse...

Catia ,
Seus poemas são muito, muito, bonitos .
Este , em especial , nos mostrando as cores da vida , sob sua ótica tão sensível .
Agradeço a partilha .
Beijos

Mariani Lima disse...

Há coisas em nossas vidas, certos encontros que nos desestabilizam. E aí: "uma dor que desatina sem doer." Mais contraditório e belo que isso não vi. rsrs..
Beijos e obrigada por sua visita em meu espaço.

Audrey Andrade disse...

Nossa, Cátia, esse poema é lindíssimo! Perdi o fôlego. Gostei demais!

Parabéns!

ELAINE disse...

Entre cores e sombras surge o amor, brilhando, intenso e vívido! Poesia linda! Passando pra ver como você está e agradecer o carinho.
Um abençoado e feliz fim de semana!
Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

Mariposa disse...

nossa que lindooo
ficou otimo
muito bom o blog
:)
beijos

Vivian Fernandes de Goes disse...

Olá,Cátia!!!

Linda poesia! Nossa dualidade vive entre cores e sombras. Faz parte de quem somos buscar o equilíbrio.
Beijos!!
**Adorei as laranjas coloridas!!!!rsrs Nunca tinha visto nada parecido!

R. R. Barcellos disse...

Ah, os contrastes... luz e escuridão, cores e sombra, alegria e melancolia, música e silêncio, presença e saudade, lágrimas e risos! Nada seríamos sem esses contrastes.

Beijos.

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Minha alma te aprova minha aura te espera.Lindo Cátia.
Amiga,estou passando para lhe dizer que fiz um selinho para o meu blog e se quiser pegá-lo estará a sua disposição.
Bjs.
Carmen Lúcia

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Minhas desculpas no erro que cometi querida amiga.
Minha alma te aprova,minha aura em ti se espelha!

Bjs.

Carmen Lúcia

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Escreveste e pintaste uma linda tela cheia de amor...Lindo sempre.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Mary disse...

saber dosar cores e sombras, saber conviver com elas é o grande truque da vida.. amei o poema.. beijos mil e ótimo findi..

Lua Negra disse...

Sombras e luz, estão sempre dentro da gente, saber encontra a harmonia entre elas é a vitória.

Tenha um abênçoado final de semana Dª Catia.

Beijinhos de lavanda
Dª Lua

Fred Caju disse...

Demais essa segunda estrofe!

#*Marly Bastos*# disse...

Quando se falha no amor, encontra-se na poesia e é dela que brota as cores e sabores que adoçam e amargam a vida.
Bjks doces e linda é você querida, por dentro e por fora.

AquilesMarchel disse...

minha vida te aprova!!!

ah sim
fofa sua filhota cuti cuti
rts

Bia Hain disse...

Oi, Catita. Lindo poema...penso que apesar das contradições e das sombras, se revestir de cores é sempre a melhor saída. Um abraço!

INTEGRAL DE MIM E DE MEU TEMPO ! disse...

Cátia... amei teu blog..teus poemas.
É interessante a descoberta do óbvio.
A vida do poeta é feita de desconcertantes descobertas e contradições...
O poeta precisa, rapidamente, dar os tons de sua poesia como se fosse uma aquarela...
Beijos... amei a fofinha da mamis...

Toninhobira disse...

As vezes o dificil é mesmo transitar entre elas, as contradições sempre nos levam a um camiho de sombras.Mas sua construção esta divina amiga.Parabens pela lucidez em poesia.
Um carinhoso abraço de paz e luz.
Bom domingo para voces.
Bjo.

O Profeta disse...

Inventei a ironia numa toada de vento
Roubei as asas a uma gaivota azul
Colei-lhes um poema cheio de penas
E enviei-o para uma tonta do sul

Inventei um mar numa bola de sabão
Roubei uma corda forte e boa
Atei um rol de mágoa à mesma
E afoguei-as nas águas de uma lagoa

Bom fim de semana


Doce beijo

Vera Lúcia disse...


Ei, Catita,

Sentimentos contraditórios são inevitáveis. O importante é esse ressurgir. Que se faça sempre em cores!

Adorei.

Beijão.