03 setembro 2012

Script








Luz! Alta e clara esfera
Formoso ápice logo se altera
Cria em mim longa espera

Dádiva concedida
Suave fruto concebido
Gramas em ouro já aguardado

Picos de um breu em sorte
Segue sua sina em gama forte
Luta e crava um destino inerte

Sons e gestos se comprazem
Em querer em mim abrigo
Vive a sorte do amigo
Quando enquanto luta tem coragem

Faz em mim tua avalanche,
Crê em sonho e me fantasie!
Tem, em suma, um gancho
Dou-te o tema e a razão...
Cria com arte o meu querer!

O tema é o teu desejo
A razão é o meu querer
A arte é cada um que cria!


A plataforma se ajeita e te apoia
O palco se compõe e te agrega
Altos 'ismos' de uma noite,
Super egos de uma vida! 







19 comentários:

Ana Bailune disse...

Simplesmente lindo! Parabéns!

Leninha disse...

Bela inspiração,Catita!Um poema doce e intenso,como tudo que você escreve.

Bjsssss,
Leninha

santana disse...

Catita, sua poesia exala sensibilidade. Você tem verdade na escrita, que bom!

Grande abraço.

Toninhobira disse...

E assim o pano não cai nunca.
Lindo demais menina.
Aplausos para voce.
Gostei.
Abraços e bela semana.
Beijo.

Paulo Francisco disse...

A plataforma se ajeita e te apoia
O palco se compõe e te agrega
Altos 'ismos' de uma noite,
Super egos de uma vida!


Lindo, lindo!
Adorei.
Catita, um beijo grande.


Ives disse...

Longa espera, sonhos e fantasias, razão e querer...formam um palco suntuoso, agrega valores e compõe poesia, abraços

Valéria disse...

Oi Catia!
Lindo! As emoções, os sentimentos o tempo todo protagonizados neste grande palco que é a vida.
Beijinhos e tudo de bom!

Flávio Antunes Soares disse...

"A arte é cada um que cria". Adorei esse verso, responde milhares de questões a cerca da arte que, nos últimos tempos, atormentam minha cabeça.
Belo texto!

Lourdinha Vilela disse...

"A arte é cada um que cria."
Vejo a grandeza da tua arte
esbanjando poesia.
Lindo!
Um ótimo feriado pra você Kátia.

Vera Lúcia disse...


Oi Catita,

Não me importo não, pelo contrário, sinto-me gratificada.

Que beleza de "Script"!
Você é uma poetisa ímpar.

Ótimo final de semana.

Beijão.

Sílvia Gianni disse...

Oi Catia,
vim agradecer pelo seu comentário e por seguir meus blogs então, resolvi ficar.
Achei seu blog lindo e me encantei pelo belo poema "Script".
Parabéns!
Beijos e até mais.

Marco Rocca disse...

Excelente poema. Decifrar tantos mistério, eis o x da questão...

Fred Caju disse...

Massinha a estrofe final!

AquilesMarchel disse...

respeitavel publico pagão....ai vem o vocalista do teatro magico recitando sua poesia!

que tal?

✿ chica disse...

Inspiração maravilhosa.Novidade,né?rs beijos,lindo domingo,chica

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Como sempre escrito com os dedos da alma...Maravilhoso.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Van disse...

Oi Catita

Neste palco você brilha!

Beijo

D. Garcia disse...

Se é pra ter script, que seja em poesia!
Se é pra ser atriz, que seja a poetisa!
No palco da vida a gente se vira, mexe, remexe, ciclos vêm e vão...
Às vezes parecem mesmo ser momentos escritos; na verdade, a escrita é que copia o que lê na gente.
E você, Catita, sabe transformar em palavras, versos e estrofes, o que a vida tem de emoção.

Te gosto e gosto do que tu escreves!
Parabéns! Lindo texto, escrito pelas mãos, mas inspirado pelo teu coração.

Bjs meus.

Sou uma bruxinha do bem!! disse...

Lindo poema Adorei!
Obrigada por sua visita e seu carinho,volte sempre beijos.