16 setembro 2012

Da mesinha do Coliseu...








E ela era alheia ao 'bonito'

E ele era o oposto do infinito

Ao fim do beijo tudo teve sentido...


 




(Catita)


34 comentários:

D. Garcia disse...

O alheamento pode ser outra forma de contemplação;
O oposto do infinito pode ser a busca de um fim; não da história onde se ache o amor, mas o fim da procura sem sentido por haver encontrado o verdadeiro sentido no fim do beijo.

Tua poesia tem a força da gravidade que me atrai e me insere no mundo da reflexão e fico com meus pensamentos sobre a mesa, a me ler conforme a tua luz.

Beijos meus.
Daniel

Mery disse...

Ah! ...Esse modo de poetizar é bonito, mas diz pra mim *Catita: - por que bonito é "o oposto do infinito (?
O beijo como um milagre, é ..."tem sentido!
Cabeça de poeta voa*!
beijinhos;
e uma bela tarde pra ti.
PAZZZ

✿ chica disse...

Muito legal!!beijos,chica

Tunin disse...

Três versos, cheios de bonitos e infinitos sentidos.
Maravilha!
Abração.

Por Amor disse...

Belas Palavras poetiza... Bela forma ... leva-me em pensamentos !!! Parabéns e um beijo Pedro Pugliese

Cristian Lisandru disse...

Concisa. Surpreendente. Li com prazer. Tudo de bom!

Maria José Rezende disse...

Olá amiga. Um beijo diz tudo.
Obrigada pelas lindas palavras de cumprimento deixadas no Arca. Beijos.

Majoli disse...

Quando os olhos se fecham e os lábios se encontra, nada mais importa...a magia se faz!
Beijos Catita!

Leninha disse...

...e em um beijo ela deixou para trás todo o alheamento e ele se entregou ao infinito...

Bjssss, Catita querida,

Leninha

Paulo Sotter disse...

Nenhuma mulher é alheia ao bonito por carregar a beleza em sua essência. O infinito se fez ao fim do beijo. Abraço

Bento Sales disse...

Oi, amiga Cátia!
Poema bonito! Assemelha muito com a métrica do haicai.
Então somente lhe faltava um afago, o despertar do amor.

Abraços.

Mateus Medina disse...

Assim como há coisas que "só fazem sentido" num abraço, também as há que só fazem num beijo.

bjos

Van-Ivany Fulini Sversuti disse...

Talvez o começo de um grande amor!
Olá Catia, adorei a sua presença no meu blog!
Eu também adoro o estilo que adotas nas suas poesias.
Acho que na verdade pensamos iguais...
Tenha um lindo dia!
Obrigada
Sua amiga sempre.
Ivany

Ives disse...

O oposto do infinito não existe, por que não entendemos a grandeza das belezas que estão acima do espaço-tempo, apenas podemos resvalar e sentir e se calar ao sabor do vento! abraços

Aleatoriamente disse...

Uma composição perfeita.
Lindo moça!

Beijinho

Sobre o Tempo disse...

Poucas palavras, algumas frases que dizem muito sobre sentimento. Muito bom! Uma ótima tarde!

Valéria disse...

Oi Catia!
Lindo!
Apesar dos contraditórios o amor se supera e dá sentido a tudo.
Beijinhos e uma linda semana!

Janaína Pupo disse...

Ah que lindo!
Saudade daqui...
Beijos flor.

Andreia Abrantes disse...

Antes, tudo é difuso, um olhar, uma história que não tem começo nem fim. Depois de um beijo e o belo se revela no infinito do desejo sentido na alma de dois corações que se encontram.

Lindo poema e profundo, capaz de arrancar suspiros e fazer sonhar. Tua escrita é excelente e teus poemas um mar azul de encantamento.
Parabéns.
Se me aceitares, por aqui estarei visitando e deslumbrando o luxo das tuas palavras nobres de poesia.
Andreia.

Eloah disse...

Precioso este despertar.
Brisas e cores para você.Bjs Eloah

Van disse...

Oi Catita

Tem coisas que só o beijo pode descobrir, dar sentido!

Beijinhos

Bicho do Mato disse...

Oi Catia, tudo bem? Vim agradecer por
estar seguindo meu blog, mesmo sem
postagens, em breve começarei a
postar de novo, e te esperarei para
ler meus textos. Achei muito lindo
teu blog, parabéns, voltarei sempre
que puder. Abraços do amigo Bicho do Mato.

Toninhobira disse...

Tudo pode acontecer apos um beijo,inclusive este prosseguir ou nada mais sentir.
Bela construção em lindo jogo de palavras.
Bela semana amiga.
Bjo.

Helena Chiarello disse...

Dois pontos: amor. E tudo faz sentido!

Eta coisa boa, Catita!

Saudade de estar aqui! Beijo grandão!

Marco Rocca disse...

Putz! Que paulada...

Jesus te ama! disse...

lindo

Vera Lúcia disse...


Catita querida,

Sabe que nunca me esqueço de você? Creio que é porque você foi grande parceira quando abri o blog.

Adorei este mini poema, mostrando como um beijo pode fazer toda a diferença.

Beijo.

José María Souza Costa disse...

Estimada, Cátia
Como sempre, admiravel o seu blogue. Paz e Harmonia, pra você. Deixo mais uma vez aqui o meu abraço
Abraços

Paulo Francisco disse...

Catita, depois do beijo tudo é possível.
Um beijo por isso.

OceanoAzul.Sonhos disse...

Querida Cátia, lindas suas palavras,dizem muito.

Saudades de vir aqui...
bjs
cvb

Élys disse...

Na emoção de um beijo, toda a ternura do amor, a tudo transformando.
beijos.

Regina Rozenbaum disse...

Olá Catita!
Vim agradecer sua visita e conhecer suas Poesias. Mais uma poetisa nessa blogosfera para que possa beber de seus versos...Um beijo traz sentido e faz, ao mesmo tempo, perder todo...depende rsrs. Volte sempre que quiser ou puder, já deixei um lugar reservado, amorosamente, procê!
Beijuuss n.a.
P.S: sua lista de seguidores foi bem fácil de encontrar rsrs.

Lua Negra disse...

"...E no beijo tudo teve sentido."

Lindas palavras e cheias de sentimentos que sempre encontro por aqui.
Cada vez mais sensível "DªCátia", rsrs
Beijinhos de orquídeas.
Lua.

ValCruz disse...

Nesse ato preliminar... rs, tudo é possível.

Aproveitando,

Beijo carinhoso da amiga que te gosta muito!

A gente se fala...