26 outubro 2011

Passo de impasse





Varal de engodo segue lento
Tem na mão um gesto santo
Procuro em vão um acalento
A sorte por deveras sai de um canto
Tem no amago um amargo
Na aura se faz rude embalde
Em gentil esfera me alargo
Cruza o céu o embate
Tenta forte uma aventura
Leva a morte em desventura
O bom senso arroja sem censura
Firmeza- leveza -atitude
Algoz? Atroz? Plenitude!
Auge-ápice-magnitude...












12 comentários:

Reinaldo Fonseca - Pascom Paroquial disse...

Olá! Estive um pouco sumido por falta de tempo, mas aqui estou para apreciar seus artigos.
Muito linda a poesia, cheia de riqueza no enlace das palavras.
Grande abraço na Paz e no Amor de Cristo,

Reinaldo e Equipe da Pascom

OceanoAzul.Sonhos disse...

Plenitude, nas palavras que nos levam longe...

Lindo poema
oa.s

Rô... disse...

oi Catita,

um poema cheio de positividade,
Auge-ápice-magnitude...
palavras que por si só,
são sinais de esperança!!!

beijinhos

tecas disse...

Belo « Passo de Impasse», querida Cátia! Auge- ápice- magnitude, todos os ingredientes que fazem a diferença neste belo poema.
Bjito amigo e uma flor.

☯Luciana❈Cândida❂G✪yaz❀ disse...

Olá Catia, vim prestigiar sua criatividade em escrever poemas e lhe desejar uma alegre continuidade desta semana. Meu abraço com carinho. Luciana Goyaz.

ValeriaC disse...

Muito lindo...intenso seu poema...adoreiiii...
Beijos...
Valéria

Leninha disse...

Com lindas palavras e sábio pensamento,criaste um belo e lírico poema.
Bjssss,amiga Cátia,
Leninha

Lu Cavichioli disse...

Oi Catinha, bom te ler menina!

Poema musical, leve e que desce elegante dentro da essência a que se propôs: CONHECIMENTO INTERIOR !

Grande beijo, linda!
;D

Meire disse...

Oi minha flor lindíssima, e de passo em passo vamos caminhando...com o coração cheinho de esperança ;)

Te amodoro querideza...bjokitas recheadas de afeto!

Ma Ferreira disse...

Oi LInda..
Se poema é um encanto. Encanto como vc.

Eu tinha deixado um recadinho pra livia.
Vc recebeu ou eu me atrapalhei e não foi enviado?

ah..peninha..
Beijo

Anne Lieri disse...

Catia,Catita, que beleza sua poesia nesse voo que nos leva a plenitude!Adorei!bjs,

Edu Lazaro disse...

Desde que magnifique, que seja como te que ser! Abraços!