05 agosto 2011

Tirinha ('bipolar'.. rs) pra sábado...










  A AUSÊNCIA É ALGO VAGO, PORÉM,
NUNCA VAZIO!








(Ao meu colega blogueiro, Paulo Francisco
 (Blog Cores e Nomes)
 com carinho respeitoso)


27 comentários:

Sandra Portugal disse...

Para meditar!!!
Espero você no ProjetandoPessoas!
Um excelente final de semana!
bjs Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

Paulo Francisco disse...

KKKKKKKKKKKK Adorei!
O que seriamos de nós sem essa tal bipolaridade!? Não estaríamos escrevendo e sim levando a vida conforme a maré. Não, não mesmo, podemos e devemos nadar, também, contra ela.
Eu sigo feliz neste infinito vai e vem. Zonzo? até fico... mas nunca TONTO.
Um beijo grande.

Majoli disse...

Catita, gostei viu?
Ficou diferente, e vamos nós na bipolaridade, sem ela, acho que não tem muito sentido.

Beijos de uma deliciosa noite.

Simone MartinS2 disse...

Boa noite...e como sou bipolar...vago e divago tambem...Bjin

Meire disse...

Uau flor de maracujá, tá profunda hj! :)
Na verdade a ausência muitas vezes chega a ser palpável!

Lindo findi pra ti minha queriduxa, bjokitas com master carinho na sua bochecha e na da Lívinha!!

Marly Bastos disse...

Eu diria que a ausência é cheia de saudade... Portanto nao é realmente vazia.
Boa tira Catia!
Beijokas doces

Só pra você disse...

Olá amiga,

Que bom que vc apareceu no meu blog, estgava morrendo de saudades suas. Um ótimo final de semana...

Beijos na minha afilhada!

Severa Cabral(escritora) disse...

A AUSÊNCIA É ALGO VAGO, PORÉM,
NUNCA VAZIO!
minha cara amiga, ser bipolar é ser uma pessoa que enxerga toda a beleza desse nosso mundo lindo de uma maneira eufórica, feliz.
E depois de um tempo, perceber que esta vida não vale a pena o ar que a gente respira.
Desculpa a brincadeira, mas ser bipolar é isso: Uma pessoa que alterna entre momentos de extrema euforia e extrema tristeza de tempos em tempos sem razão aparente.

✿ chica disse...

Muito legal! beijos,chica

* Verinha * disse...

Catita :)
feliz com sua presença.. obrigada de coração!!

Beijão imenso em seu coração..
Verinha

Rô... disse...

oi Catita,

ser ausente,
é estar ali,
por acaso,
mas estar...
adorei a bipolaridade
ela nos permite...

beijinhos

Maria disse...

Lindo pensamento.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Amanda Lemos disse...

Tudo muito interessante por aqui,
Gostei muito mesmo.
E te convido para conhecer meu espaço, caso queira dar uma olhada, seguir..;

http://www.bolgdoano.blogspot.com/

Muito Obrigada, desde já.

Carla Fernanda disse...

Boam sábado!!
Cátia fiquei sem internet ontem. Ela só chegou agora, a tempo de eu vim desejar-lhe um sábado ótimo e de luz!!!
Beijos,
Carla

A.S. disse...

Cátia,
Vim ler-te, reler-te... e deixar um beijo!

AL

Aclim disse...

Para mim ausência é vazio.

Abraço catita

Borboletas no Estômago disse...

é essa ausência que mata!

Bricio Cruz disse...

Pois é, existem várias maneiras de se preencher a ausencia.

Toninhobira disse...

Bela criatividade na forte sintese.
Que assim seja mesmo.
Bju.

ϟ Cynthia Brito disse...

Cátia querida,

posso te dizer com a maior certeza que meu coração está vago...

muito vago.

Principalmente das certezas da minha vida.

Senti saudades daqui enquanto estive fora*

Tenha um domingo iluminado!

beijos

Su disse...

olá moça poetisa...

amei essa bipolaridade...

sensacional!

beijos e lindo domingo pras duas lindas aí!

Su.

Alicia disse...

vivo a me encher de ausências

Zelia Leite disse...

Oi Catia bom dia!
Quanta verdade pode haver em tão poucas palavras, e quanto incômodo pode haver numa ausência?
É verdade amiga, a ausência é sempre muito sentida e sempre dói.
Boa semana pra vc
Beijo.

Paulo Henrique disse...

bom diaa catiaaa

com certezaaa concordo com todas as palavrasss bjuss da uma passadinha no meu cantinhu oks

Vilmar Barros de Oliveira disse...

Oi Catita!
Antes de mais nada perdoe minha ausência o tempo anda arisco,
Mas a ausência é sempre uma "presença" incômoda em nossos corações.
Uma boa semana pra vc e com o coração cheio de presenças.
beijo grande.

cidinha disse...

Olá, Catia! Bela reflexção..A ausência muito nos incomoda, más com o tempo aprendemos a conviver com ela. Más concordo, nunca é vazio! Bjs com carinho.TEnha uma linda semana!!

Van disse...

Adorei Catita!

O Paulo merece todas as homenagens. Até a bipolaridade dele é poética.

Beijão, poetisa querida!