21 janeiro 2013

Cheiro de palavra




(As iniciais...letrinhas eternizadas em nós!)






O cheiro da palavra é algo muito preciso e conciso! 
Cada palavra deixada numa folha é um cheiro a exalar um sentido num futuro próximo!
Se engana quem pensa que precisa de perfume... precisa só de palavras!

Qual o perfume da sua letra preferida?

Será que em suma, a resposta é deferida?
Algo varia contra a decisão referida?

A palavra é feito madeixa

Transforma fio em deixa
Não, necessariamente, com entrave de queixa

Resolva sua incógnita!

Assuma seus desejos!
Selecione seus ensejos!














22 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Catita, que viajada legal! A minha tem cheiro de caneta tinteiro.
Beijos
Manoel

Toninho disse...

Quantos misterios podem conter numa palavra?
Mas o perfume a impregna-la é uma linda arte que os inspirados iluminados conseguem dota-las.Um lindo voo Catia nesta viagem pelas emoções.
Linda semana de paz,alegrias e inspirações.
Meu terno abraço.
Bjo

Gracita disse...

Olá Cátia!
Palavras tem cheiro, tem cor e sabor. E aqui o aroma que elas exalam é delicioso. Beijinhos
Gracita

Dorli disse...

Oi querida
Fiquei com saudades das suas poesias.
Essa, então, é essencial
Beijos
Lua Singular

Luiz Alfredo disse...

Belos tercetos musicados
poesia com aroma
um belo blog poético

Luiz Alfredo - poeta

Severa Cabral(escritora) disse...

Estou aqui hoje por um motivo mais que especial.
Tenho que dizer que não foi fácil conseguir você para ser meu seguidor,
foi muita motivação impulsionando com postagens e visitas...que atingi 300 seguidores
Agradeço te convidando a visitar a florada do IPÊ junto comigo no FOLHAS DE OUTONO !
Deixo o meu abraço recheado de carinho !!!!!

Rô... disse...

oi Catita,

e minha memória olfativa,
não me deixa perder o caminho,
sempre sou trazida aqui pelo perfume que tanto me agrada...

beijinhos

Ana Bailune disse...

Muito interessante esse ponto de vista... pensando bem, acho que ultimamente, se eu fosse atribuir um perfume à minha palavra, seria Patchuli. Não sei o motivo, mas seria.

EDER RIBEIRO disse...

Oi, Catita, bom dia.
Ao término da leitura do seu belo poema fiquei encantado. Parabéns.
Bjos.

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Si es cierto; cada Palabra tiene su aroma y uniendo sílabas forman una dulce fragancia.
Um abraço.

Calu disse...

Ah, as palavras, desenhos mágicos, criaturas vivas que trazem as histórias em seu DNA.
Poesia com elas, sobre elas, nelas evocam o verbo sonhar.
Bjos, Catita.
Calu

Amanda Lemos disse...

Gostei muito do que vi !
Muito difícil encontrar espaços bacanas como este :_)

Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir...

http://bolgdoano.blogspot.com.br/

Agradeço desde já !

R. R. Barcellos disse...

Palavras podem ser senhoras ou servas, empoladas ou banais, ternas ou brutas. Eu as prefiro cúmplices.

Beijos.

Vivian disse...

...não somos nós que dizemos
as palavras;
elas é que nos dizem...

as suas tem cheiro de jasmim!

rsrs

bjokas, poeta linda!

Mateus Medina disse...

Gosto de palavras com cheiro de chuva...

bjos

RESILIÊNCIA disse...

Poetisa

Parabéns...abraços na alma

Carolina Hermanas disse...

Eu acho que as minhas tem cheiros de amor,ódio,paixão,uma junção de tudo =)
Nossa..nunca tinha pensado dessa maneira.Amei a metáfora,de verdade <3


beeeeeijinhos
http://borboletametamorfoseando.blogspot.com.br

Caio Jonathan disse...

Olá, belo blog, belas palavras. Estou seguindo e indicando.

Será um prazer sua presença e opinião em meu humilde blog:
http://jonathanejonathan.blogspot.com.br/

abraços

Caio J.

Nádia Santos disse...

Palavra tem poder amiga! Adorei sua viagem... Bjinhos! Bom final de semana

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

A palavra é poderosa...é bela...é forte...é meiga, também perigosa. Cada uma tem um perfume próprio...uma mesma palavra pode em vários momentos exalar uma quantidade enorme de diferentes perfumes; perfumes que vão deliciar, extasiar, mas que podem também transtornar de tão fortes que são. É preciso muito cuidado com a palavra dita...como uma flecha ela é lançada e fere. Não volta para trás a palavra. Eu prefiro a palavra doce...assertiva, aquela com um perfume suave... relaxante. Mas...confesso...nem sempre a sei selecionar; nem sempre é doce a palavra dita... nem sempre é assertiva, nem a dita e nem a escrita. Parabéns! Gostei muito do cheiro destas tuas palavras. Um beijinho e um bom fim de semana
Emília

AquilesMarchel disse...

a palavra carinho tem cheiro de lavanda
e a palavra amor tem o cheiro de shampoo de minha ex namorada

LUZ disse...

Oi, Cátia!

As palavras podem ter cheiro de flores ou de dores, dependendo de quem e como são ditas.

As palavras de sua filha lhe cheiram a amazónias de flores multicolores e celestiais.

Boa semana.
Beijo da Luz.