26 maio 2012

Sou do Vento...


...Tens tu, Sou eu

(escrevi há um ano -exato- ao relê-lo me senti grande por ter criado algo assim...)









Alma velada,
Amizade selada!
Orgulho marcado,
Coração arrojado!
Tens emoção,
Sou eloqüente!
Tens sensação,
Sou equivalente!
Tens bondade,
Sou malícia!                          
Tens saudade,
Sou carícia!
Tens pudor,
Sou ousadia!
Tens desânimo,
Sou energia!
Tens cansaço,
Sou teu repouso!
Tens apetite,
Sou teu petisco!
Tens rebeldia,
Sou teu equilíbrio!
Tens vazio,

Sou tua!

(Sou do vento) 







20 comentários:

D. Garcia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Toninhobira disse...

Que boa esta releitura Catia e assim podemos ler e entender esta bela tradução de uma parte na outra,para uma linda junção.Ficou perfeito e otima construção.
Carinhoso abraço amiga.
Beijo.

Gisa disse...

Esse jogo é imperdível! Adorei Catita!
Um grande bj e um lindo final de semana

MA FERREIRA disse...

Catita..amei..amei ..amei..
tu tá ficando heim! rsrs

bjinho...me esvreve enviando seu enereço..vou te enviar algo pelo correio..bjs
mdfbf@uol.com.br

Reinaldo Fonseca - Pascom Paroquial disse...

Olá Catita! É sempre uma alegria visitar seu Blog..
No dia de Pentecostes, as pessoas falavam a mesma linguagem: o Amor.
O amor deve continuar sendo a linguagem dos cristãos do mundo inteiro. Através do amor, o sopro do Espírito Santo continuará presente.
Bom domingo pra vc na Paz e no Amor de Cristo,

Reinaldo

Aguardo sua visitinha!

O Profeta disse...

Já esqueci, todas as palavras que queria ouvir
Todo os sentires por sentir
Já não sou protagonista de uma comédia de enganos
Sou apenas demiurgo de uma perversa cena de uma chegada sem partir

Sou uvas amargas do mês de Abril
Vinho de travo verde ao beber
Semente atirada ao meio das pedras
Olhos na bruma na inquietação do ver

Uma imensa e incontida força neste peito
Na alma uma cicatriz, qual estigma
Serei apenas um barco de papel à deriva!?
Ou como já alguém disse, um…Enigma…

Doce beijo

blog da Paraguassu disse...

Olá Cátia,
Saudades, amiga.
Lindo seu poema. Amei!
Nele, um todo de você: seu talento!
Parabéns!
Beijo em seu coração.
Maria Paraguassu.

✿ chica disse...

Muito lindo mesmo,Catia!!Um dia bem legal!beijos,chica

Tunin disse...

Intenso, verdadeiro, solto como o vento. Preciosa construção que demonstra a poeta que tu tens dentro de ti.Beleza!
Obrigado pela visita.
Abração.

Leninha disse...

Oi Catita!

Um poema repleto de ternura e de ousadia,de carinho e de seduçào,um poema/amor.

Lindo,amiga!

Bjssss,
Leninha

Sonhadora disse...

Minha querida

Imensamente belo este poema...e deves sim sentir-te grande de sentimentos.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Thiago Almeida disse...

Soa como musica.
Muito bom!

Minhas Pinturas disse...

Amei seu poema.
Beijos,
Léah

Eliete disse...

Cátia, poema muito lindo e muito energizante.bjs

Evanir disse...

Com muito carinho agradeço sua amizade
seu apoio veio no momento exato que mais precisava.
Fiquei sem fazer visitas e muito desanimada também.
Na verdade não pretendia voltar: mais diante de
de tanto apoio no blog e até mesmo da minha familia
estou aqui.
Tem coisa que eu não entendo e nunca vou entender
as duas faces do ser humano.
Eu sei amizade como a sua é para sempre por outro lado
também sei da maldade;; nem todos tem duas coisas principal no coração.
Deus e Amor; Como Sei Que Você Tem.
Meu agradecimento e todo meu carinho.
Linda semana abençoada por Deus.
Evanir.
Tenho fé minha vida vai melhorar assim como eu peço a Deus por todas amizades virtuais.

End Fernandes disse...

Uaaalll assim não há quem segure!
Gostei do poema Catia, o segredo do amor está justamente nesse equilibrio.

Bjuuus

End Fernandes

O Profeta disse...

Um sótão cheio de lembranças
Escrevi no pó palavras sem nexo
Retirei uma cartola de uma caixa de cartão
E senti ao toque o poder da ilusão

Ilusões…
Um cavalo de pau perdido ao carrocel
Uma estola de um bicho qualquer
Uma escultura talhada a cisel

Uma foto a preto e branco
De uma mulher sem rosto
Uma janela virada para nenhum lado
Uma traquitana a imitar o sol-posto

Bom fim de semana

Mágico beijo

Ricardo Miñana disse...

Hermoso poema, grato placer leerte.
un saludo.

Paty Michele disse...

Cátia,
faz tempo que não apareço, seu blog continua lindo, com conteúdo de primeira e vc ficou ótima nessa foto nova do perfil.

Apareça lá no meu blog pra conferir as novidades, vc tbm anda sumida.

beijos e uma linda semana pra vc.

http://patymichele.blogspot.com.br/

Nanda disse...

Como sempre, tudo o que escreves é muito sentido e bonito de se ler e sentir. Beijinhos