20 julho 2011

A vida não pára!







Corre um carro sem freio 
O inocente leva um coice sem arreio
Quão ruim a sensação do adeus!

Vida perece em ponto de luz
Morte padece em moita de cruz

Forte se fez o vilão em clima de censura
Frágil a vitima fica em busca de ternura
Pedaços de um sentimento sem doçura

Eterna busca de um vão de amor
Frestas direcionadas à luz diante do pavor
O mesmo que saudar a sorte com uma dose de licor

Ideal parte de um todo
Suplicio de um teto sem toldo
Perspicácia em breve braço/abraço de polvo.







30 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

E assim a vida segue. Belo poema, beijos.

Paulo Francisco disse...

E vamos levando, andando, cantando, labutando... o tempo não para.
Um beijo

✿ chica disse...

Passei voando,mesmo em férias, com as asinhas batendo, pra deixar um beijo,desejando FELIZ DIA DOS AMIGOS!chica

Vilmar Barros de Oliveira disse...

Belo poema Catia!
Feliz dia do amigo!
beijo.

нєllєи Cαяoliиє disse...

"Vida perece em ponto de luz
Morte padece em moita de cruz" adorei esse trecho!
Belíssimo ;)

Idéias de uma mente inquietante disse...

Todos os selos foram merecidos!adorei o poema de hoje!
acho que seus poemas são de uma intensidade.profundidade..
sempre quando os leio vejo em movimento..o movimento da vida..beijos

Su disse...

bom dia moça poetisa...

que triste, porém linda, profunda e sentimental sua poesia...

são tantos acontecimentos assim... alguns até recentes, infelizmente...

linda amiga, passei pra agradecer por sua amizade e lhe desejar um lindo dia dos Amigos!

Beijinhos.


Su.

Meire disse...

Catita, minha flor de maracujá linda,
belas palavras!

Feliz do Amigo pra vc que é muito especial pra mim ;)

bjokitas

Rô... disse...

oi Catita,

vou te confessar
apesar de saber
que o tempo não pode parar,
tem certos momentos que gostaria de arrancar os ponteiros
de todos os relógios,
a começar do Big Ben...
ou Tower Clock que é o seu verdadeiro nome...


muitos beijinhos

V.Cruz disse...

Lindinha, belissima reflexão, passei para deixar meu abraço de dia do amigo.
Bjs

edumanes disse...

Boa tarde Catita "flor",
Num carro sem freio,
Fiquei perdido, não sei?
Caído no passei
De manhã acordei
Sem luz, no escuro
Numa pedra tropecei
Nos braços, fiquei rubro
De quem não sei
Uma noite andei
Frágil à procura
Sem amor
Sem ternura
Perdido por quem
Muito amei
Isso, foi no passado
É verdade perdido por amor já chorei.

Catita, Catitinha, Cada dia mais bonitinha. Receba meu beijo. Seja feliz e boazinha. Não ligue ao que eu digo, porque é uma brincadeirazinha.

Eduardo.

Sandra disse...

"O tempo, esse bandido clandestino
Salteador de estradas e memórias
Mistura numa névoa libertino
O passado e o futuro das histórias.

O tempo de dizer a vida é breve
O tempo de viver há quem o diga
Só espera que o diabo que o leve
O tempo tem mais olhos que barriga."

Susana Félix



Beijinhos Cátia

Aclim disse...

O poeta tem alma sensível, percebe o sofrimento, a alegria,nada passa despercebido.

Parabéns Catita, linda

Abraço

Nina Pilar disse...

é isso amiga, não paramos, passamos pelo tempo...

bjinhos, teu texto é ótimo.

Leninha disse...

Catia querida,belo poema que retrata uma cruel e triste realidade.
Amiga, seus poemas são repletos de sensibilidade e sempre me tocam profundamente.Obrigada.
Um feliz DIA DO AMIGO.Bjsssssss,
Leninha

Lena disse...

Catita, minha amiga linda

E a gente vai levando, pq a vida segue!!!

"Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!" (Machado de Assis)

Bjkas com muito carinho!

Paulo Henrique disse...

boa noiteee lindo poema perfeitoo da uma passadinha no meu cantinho o essencial é ivisivel aos olhos bjussss te seguindo tah =]

Paulo Bouvier disse...

Muito bom!
Gostei daqui, excelente!

Espero ver-te em meu blog. (Obrigado)

Van disse...

Adorei a rosa que ganhei, Cátia!
Tem seu perfume.

Trouxe meu abraço mais carinhoso para você e o desejo de feliz dias, todos os dias rodeada de amigos.

Beijos!

Nina Pilar disse...

vc tem razão amiga muitos blogs, acredto que fiz do "Nossos Abismos" e o meu blog chefe.

beijinhos querida, somos fies a quem amamos, isso que importa!

belissima noite catia...e uma super quinta feira pra ti.

Vera Lúcia disse...

Catita querida,
A vida segue, não obstante os seus desacertos. Meio triste, né?

Cara amiga,
agradeço-lhe o carinho de sua amizade e deixo-lhe um abraço especial por este dia do amigo.
Beijokitas, AMIGA.

Zil Mar disse...

Feliz dia da amizade pra vc tb Catia!!!!!!


meu carinho....



Zil

F.H.Canata disse...

Olá catita Querida!

Belas as tuas palavras, a vida nunca pára, apesar de às vezes ser interrompida de forma brusca e sem sentido.

Um abraço grande a você e a Lívia neste dia do amigo!


Canata

Majoli disse...

Catita querida, dia do amigo é todo dia, mas dizem que hoje foi designado o tal, então que tenhas tido um delicioso dia do amigo.
Eu quero comemorar minha amizade contigo, todo dia, sempre e sempre.
Um beijo enorme no teu coração.
Beijos pra FN

Aleatoriamente disse...

Nesse tempo, agente sempre pensa.
Um poema cheio de intensidade.
Muito bem escrito.
O dia do amigo são todos, mas quis deixar um abraço em especial no hoje.

Beijo Catia.
Fernanda

Artes e escritas disse...

Mas hoje é Dia de festejar a amizade e eu te desejo UM FELIZ DIA DO AMIGO! Um abraço da amiga blogueira, Yayá.

MARILENE disse...

O dia do amigo passou. Mas estou aqui para reafirmá-la, não só hoje, mas em todos os outros, porque essa nossa amizade através da telinha é real. Saboreamos os escritos de nossos amigos e com eles compartilhamos nossos dias.

Bjs.

Tatiana Kielberman disse...

Que bom que a vida não para e a gente se renova...

Poema maravilhoso!

Beijos, querida!!

Nina Pilar disse...

beijinhos minha querida...Amigos um belo dia do amigo pra vcs... na musica do milton nascimento e fernando brant a belíssima _Canção da América_, nada pode representar melhor um amigo e a sua importância...

Canção da América

Amigo é coisa pra se guardar
Debaixo de sete chaves,
Dentro do coração,
assim falava a canção que na América ouvi,
mas quem cantava chorou ao ver o seu amigo partir,
mas quem ficou, no pensamento voou,
com seu canto que o outro lembrou
E quem voou no pensamento ficou,
com a lembrança que o outro cantou.
Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito,
mesmo que o tempo e a distância, digam não,
mesmo esquecendo a canção.
O que importa é ouvir a voz que vem do coração.
Pois, seja o que vier,
venha o que vier
Qualquer dia amigo eu volto a te encontrar
Qualquer dia amigo, a gente vai se encontrar.

depois disso é esperar que nossos corações emocionem-se com nossas amizades como emocionamo-nos qdo ouvimos esta declaração de amor, tão maravilhosamente interpretada na voz do meu querido milton nascimento.

e esperar que cada um de nós escute o que fala o nosso coração...ate pq tudo que eu queria dizer eles já falaram, faço minha a voz deste gigante da nossa musica.

beijinhos queridos um belo dia do amigo todos...

Só pra você disse...

Oiiii!!!! Estou aqui, sim. Só tive um dia corridíssimo. Desculpe-me pela ausência. Mas todos os dias são das grandes e verdadeiras amizades. E, tomando a mensagem belíssima desta poesia, se o tempo não para, a amizade também não. Um grande beijo nosso (meu e do meu namorido).