25 maio 2011

Incontinência na Emoção







Entre encantos e sonhos, presa num elo
Feito estrela costurando o amarelo
Quebrando regras e usando um martelo
Em horizontes infindos, doces como o marmelo.



Cruzo um fim sem fronteiras
Me sobram vários meios de muitas rasteiras
Aprecio os inícios de iniciativas sorrateiras.



Aves que cruzam o infinito
Lúcido instinto em vôo definido
Cria em mim um destino abduzido, induzido ou seduzido...







(Hoje, quarta-feira, tenho postagem lá no Tessitura Poética...)
Aprecie! 




32 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

Um lindo poema com versos que nos levam a uma cativante viagem, beijos.

Su disse...

Oi Cátia, bom dia! Cheguei aqui pela janelinha mágica da querida Majoli, um encanto sua poesia infantil e amei seu cantinho aqui...
sou apaixonada e encantada pelo amarelo, amei suas rimas com ele e as cores das flores... tudo lindo... Cheguei por aqui e já fiquei assim não perco nadinha!!! Quando sentir vontade vem conhecer meu cantinho também, será uma grande alegria. Beijinhos amarelos de sol bem radiante! Su.

www.educacaoinfantil-su.blogspot.com

Ma Ferreira disse...

Bom dia Catia. Ja te visitei no Tessitura. Adorei a sua postagem de la.

Esta sua poesia tocou meu coracoa. Linda.

Um beijo!!

Ma Ferreira

Ives disse...

Nossa, grandes poesias sempre? como? rss vc tem muito talento, moça. Abraços

Célia Gil, narciso silvestre disse...

E o seu poema é pura "incontinência na emoção". Adorei a forma como se exprime!

нєllєи Cαяoliиє disse...

que os encantos e sonhos sempre se façam presentes,Cá.
Um beijo pra ti!

Maria Alice Cerqueira disse...

Lindo pema!
Tenha um lindo dia, coberto de muita paz e alegria.
Abraço fraterno
Maria Alice

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Catia
Que as aves que cruzam o infinito, lhe tracem um belo destino.
Bjux

Meire disse...

Catita, vc conseguiu deixar o amarelo, que é uma cor que num curto muito, belo. Só vc mesma pra fazer isso com suas palavras :)
Boa quarta flor,
bjo gigante pra vc!

Flor de Lótus disse...

O melhor das regras é poder quebrá-las se não se perde todo o encanto.
Beijosss

Empório Jaburu disse...

Obrigado por passar no meu Empório Jaburu. Seja sempre bem-vinda.

Abraço.

Nel Santos disse...

Oi, Catia!
Que bacana esta tua poesia! Eu também
" Aprecio os inícios de iniciativas sorrateiras"....


Bjs!!!

Kiro Menezes disse...

Floreante!!! Amei o amarelo dos sonhos ♥

2009 disse...

Olá Cátia, adorei seu poema.
Muito lindo, parabéns.

Beijos,
Caio.

ROBERTO disse...

a poesia retrata os traços que as lagrimas fazem ao cair...

Toninhobira disse...

Linda emoção com graça e beleza poetica com jogo lindo entre palavras.Em tempo bela participação no Tessitura,meus aplausos a voce com admiração e carinho. Meu abraço.Bju de luz nas belas inspirações.

MARILENE disse...

Emoções não devem mesmo ser contidas. São belas, como os versos de seu poema.

Bjs.

Sonhadora disse...

Minha querida

Muito lindo e emocionante este poema, vou visitar-te agora no Tessitura, não conheço.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Tarsila Aroucha disse...

sempre lindo por aqui... bjus querida

Maria Alice Cerqueira disse...

Vim agradecer a sua doce presença em meu cantinho.
Tenha uma abençoada noite.
Abraço amigo
maria Alice

F.H.Canata disse...

Olá Catita!

As aves que cruzam o infinito, sempre te trazem grandíssima inspiração.
Teu dom com as palavras, é antes de tudo, um presente que a vida nos dá.
É sempre muito bom nos ver e nos compreender dentro de suas palavras!

Muito amor, e horizontes indefinidos pra vc!

Abraços Canata

isabelsantana2011@hotmail.com disse...

QUE POEMA LINDO AMEI.
DEIXO O BLOG BELAS ARTES MÉDICAS.
UM ABRAÇO.

Gil Façanha disse...

Olá, poeta... Ou poetisa, se preferir. Já vim agradecer a visita e os comentários carinhosos, e jogar minha âncora nesse mar de poesias. Um grande abraço.

Misturação - Ana Karla disse...

Estou retribuindo, mas reparando que aqui tem muita sensibilidade.
Lindo o blog.
Xeros

Vera Lúcia Duarte disse...

Olá Catita,
Vou lá no Tessitura "dar uma espiadinha".
Enquanto isso, continue com seus encantos e sonhos.
Beijo.

Asas da Ilusão disse...

emocionas e a emoção segue a música da tua poesia...lindo!!!!

Zélia Cunha disse...

Catita, obrigada pela força, tá! Conto contigo até a final, no domingo, ok?
Beijos
Zelia

Cacá - José Cláudio disse...

Muito belo, Cátia! Pelo bem da poesia, desejo que essa incontinência continue em jorros. E obrigado pela visita. Meu abraço. Paz e bem.

Só pra você disse...

Eu ainda não fui no outro blog, né? Vou dá uma passadinha por lá... Achei muito criativo esse teu poema, tem os sons nas palavras de campos floridos. Muito lindo meu bem, vc cria muitos poemas lindos!

Uma grande beijoca.

Poesias Partidas disse...

Amarelo é tudo de bom! Lindo mesmo, parabens Cat.

Um grande abraço para você!

Will disse...

Gostei.
Parabéns!

Tatiana Kielberman disse...

Sempre lindo...

Lindo e leve!!

Beijo enorme!