22 maio 2011

Enlutar-Me-Se








Enluto a cada vez que mato meus sonhos.
Enluto a cada vez que mato em mim o desejo.
Enluto cada vez que mato o ensejo
Enluta-se, diariamente, aquele que mata seus sonhos.
Enlutado, perde o ânimo e a coragem de seguir em frente,
Distanciando-se dos objetivos e atraindo para si as negatividades!
Matar o amor é enlutar o coração!
Matar a fé é enlutar a alma.
O amor não deve ser morto!
O coração não pode ser enlutado!
Jamais!













25 comentários:

Kátia Tourinho disse...

Lindo Catitaaaaaaaaaaa!
É por isso que meu coração só vive em festa! Nada de luto...rsrs
Enlutar o coração envelhece e eu, que já estou na casa dos "enta", tenho que rejuvenescer...rs

Um dominfo repleto de paz,alegria e muito, muito e muito amor.

Bjs de luz embalados com todo meu carinho.

нєllєи Cαяoliиє disse...

Lindo e triste...
que nossos corações possam estar transbordantes,sem lutos!
Beijo grande pra ti*

Silmara Moreira disse...

Que lindo!

Existem aqueles que deveriam viver de luto, pelos amores que se perdem e morrem por eles.

adorei Cátia

bjos e bom domingo.

Caio *-* disse...

Oi Cátia, adorei o seu poema.
Assim como escrevi em meu último texto, sua poesia mostra o quanto esse sentimento tão lindo como o amor deve ser cultivado.

Parabéns, adorei mesmo.
Um excelente domingo para você.

Beijos,
Caio

=)

* Verinha * disse...

Que grandes verdades nesse poema Catia!.. Belíssimo!!

Grande beijo em seu coração..
Verinha

Meire disse...

Menina querida, que lindo!!!
Infelizmente na vida sofremos muitos lutos (e não estou falando de mortes no sentido literal da palavra). Mas há sentimentos que não deveriam morrer JAMAIS!
Um ótimo domingo pra vc, bjo grande com carinho ;)

A.S. disse...

Catia,

Não podes enlutar a vida querida! Ao contrário, deves vivê-la intensamente na sua multiplicidade de cores, sensações, desejos... porque tudo é tão breve!...

Quero ver-te sorrir!... :)
Beijos!
AL

Poesias Partidas disse...

"Luto contra a morbidez do meu próprio luto" todos os dias. E através da força e da magia da poesia eu a venço. A propósito amei a sua "falta de inspiração" no poema "Frio na Inspiração". Ah! E fiquei muito feliz com o comentário que você deixou no blog da minha amada, que está aqui do meu lado dizendo que só começou a escrever poesias por minha influência (o que é verdade) e, hoje, ela já influencia a outras pessoas como se fôssemos uma cascata de inspirações. E é essa mesmo a importância dos poetas para o mundo, a de resgatar almas. Beijo no profundo do seu coração. Bom final de semana.

Palavras Vagabundas disse...

Catia,
vim retribuir a visita! Apareça sempre que quiser a porta está aberta.
abs
Jussara

♥♥♥Ani♥♥♥ - Cristal disse...

Oi Cátia querida,


Não devemos mesmo vestir de luto nossas vidas, nem o nosso coração, Acho que o amor deve ter várias cores e se fazer um arco-íris dentro de nós sempre.

Beijos
Ani

Majoli disse...

Por isso que prefiro amar, sempre.
Luto de sentimentos, faz mal pra gente.

Beijos de uma deliciosa tarde pra você querida.

Evanir disse...

Querida Amiga..
Seu poema embora lindo demais um pouco triste ..
Mais veio a calhar com meu estado de espirito no dia de hoje.
Um lindo Domingo amiga querida beijos meus,Evanir.

www.aviagem1.blogspot.com

Fabiola disse...

Olá Cátia !

Vejo que alguns lutos são necessários para que possamos ultrapassar velhos hábitos, antigas rotinas e profecias a nós destinadas. Você é de uma incrivel sensibilidade !
Um bom domingo. Um abraço, com carinho, Fabiola.

Tatiana Kielberman disse...

Também não gosto de ver seu coração enlutado, querida!

E sim aceso, sempre aceso para a vida!!

Beijo carinhoso!

Ma Ferreira disse...

Oi CAtia..muito orazer em tela comigo como seguidora em meu blog.
Estou me aportando aqui tb!!
Lindia a sua poesia. Poesia.
Gostei muito da sua poesia..traz uma mensagem muito otimista!
Viva a vida. Cada dia é um recomeço..
as pedras a gente tira-as do caminho..ou a contornamos.
Somos parceiras.
Bj
MA

Ma Ferreira disse...

Catita..é um prazer tela como companheira.Gostei muito do seu poema poetiza.
Realmente é um desperdicio a vida, o
perder a fé, a falta de entusiasmo e tantas outras coisas que vc bem coloca em seu poema.
Todo voco amanhecer é um oportunidade de um recomeço..depois de um temporal vem um lindo arco-iris multicolorido.
Um beijo..
Ma

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Um tema difícil, mas abordado com uma bela sensibilidade! Realmente imensos são os lutos das nossas vidas!

MARILENE disse...

O luto jamais deverá ser buscado ou acalentado sem necessidade. Principalmente quanto aos sentimentos. Lindo poema!

Querida, obrigada pelas palavras que me deixou. São de grande valor.

Bjs.

Majoli disse...

LINDA, ADOREI sua intromissão...rsrs
Ah amiga querida, isso não se chama intromissão, e sim participação, animação...ah eu amei.
Ficou lindo e com certeza postarei, me aguarde.
Deixa só o pessoal visitar mais um cadinho o blog da Simone, para dar um UP por lá, certo?
Já estou copiando e salvando, pois vá que der pane no blogger de novo, serei precavida, ok?

Beijos no teu coração.
Beijokas pra "FN".

Sonhadora disse...

Minha querida

A vida é feita de momentos...eternos ou não, conforme a intensidade com que são vividos.
Lindo...triste, mas muito real o teu poema, adorei e deixo o meu beijinho com carinho.

Sonhadora

Arnoldo Pimentel disse...

Os sentimentos devem estar sempre vivos no coração e na alma, beijos.

Smareis disse...

Seu texto é bem colocado, mais triste. As vezes enlutar o coração faz parte do momento. Mas não é bom pra felicidade e do coração de ninguém, fica enlutado. Li e gostei. Um beijo querida.

LoucaDeMente disse...

Catia...

Adoro estar aqui... Adoro os reflexos de sua alma que aqui vejo refletir... e reflito:

E neste mundo de pessoas tão brutas, não lapidadas, às vezes nos vemos em luto de nós mesmos... Mas, com luta não há luto que resista: lutemos!

beijocas-phoenix ;)

Só pra você disse...

Jamais devemos enlutar, de nenhuma forma. Esse teu poema é forte, palavras que transmitem um sentimento de tristeza e luta interior, gostei demais querida. Muito lindo mesmo! Parabens.

Beijocas em você

Beatriz Amorim disse...

Por que será que sempre permitimos que esses lutos tão sufocantes e dolorosos aconteçam?

Masoquismo nosso. hahaha
Seria melhor uma vida em que não nos permitíssimos passar por tantas dores. Um vida em que escolhêssemos sempre a felicidade.

Um beijo grande, querida.